Compartilhar

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Médico dá dicas de como curar a ressaca durante o período junino

 

Definida como o efeito tóxico da bebida e seus subprodutos no corpo, a ressaca acontece por meio da intoxicação alcoólica, quando existe uma quantidade de álcool etílico na circulação sanguínea maior do que o fígado consegue metabolizar. E muita gente sofre com isso, após dar uma exagerada no consumo de bebida alcoólica, ainda mais neste período frenético de festividades juninas, tendo que lidar com sintomas como náuseas, vômitos, mal-estar, dor de cabeça e moleza no corpo.

 

Para ajudar a se livrar disso, o clínico geral credenciado ao Cartão Saúde São Gabriel, João André Sampaio, traz dicas de como curar esse mal. “Nosso corpo tem um limite e não está preparado para receber grandes quantidades de álcool, mas quando isso acontece, é preciso ingerir muita água, já que o álcool é diurético e faz a pessoa ir ao banheiro muitas vezes, perdendo muito líquido, por isso, o segredo simples é ingerir sempre água, inclusive quando estiver bebendo com a turma, intercalar com água de coco pode ajudar muito a combater a ressaca”, explica.

 

“Se a ressaca chegou no dia seguinte, é preciso de fato ingerir muita água, água de coco, aqueles isotônicos que ajudam bastante também neste processo de reidratação, comer frutas que têm um teor líquido melhor, como melancia e melão. Doces também podem ajudar na reposição da glicose no sangue, além de ter uma alimentação balanceada”, conclui o médico.